Tem hacker por aí usando a tecnologia para ser cruel até mesmo com crianças. Isto porque um pai acordou no meio da noite e descobriu que alguém estava conversando e falando palavrões para a sua filha de dois anos através da babá eletrônica.

O hacker tomou controle do aparelho ao fazer uma busca no Shodan, uma espécie “dark” do Google que indexa webcams e procura por servidores, roteadores e todas as outras coisas que estão conectadas a Internet. A partir daí, ele aproveitou de uma vulnerabilidade do sistema computadorizado do aparelho.

Segundo a emissora americana ABC News, os pais da criança, Marc e Lauren Gilbert, que vivem em Houston, no Texas, escutaram uma voz “de sotaque britânico ou europeu” gritando ofensas pela câmera.

A filha do casal, Allyson, estava no quarto, dormindo. Pela câmera, o hacker foi capaz de ver o nome da criança escrito na parede do quarto. “A sensação era de que tinham invadido a nossa casa”, disse Marc.

Para que casos como esses não aconteçam, vale dar preferência a aparelhos que ofereçam proteção via senha e sempre alterar a palavra-chave padrão que vem com os aparelhos. Afinal, ainda existem muitas brechas de segurança que podem ser bastante assustadoras.   

Hacker invade babá eletrônica e grita palavões para criança de 2 anos

Sem mais artigos