Em um mundo onde muitas celebridades se tornam conhecidas (ou apenas aumentam sua fama) por conta de fotos exibindo seus corpos no Instagram, é difícil acreditar que uma simples foto de biquíni possa violar a política do site. Mas isso aconteceu recentemente e deu muito o que falar. 

A adolescente americana Samantha Newman, de 19 anos, publicou duas fotos de biquíni em seu perfil na rede social e as imagens foram consideradas impróprias segundo o Instagram.

Sam estranhou a reação da rede social, pois entre tantas pessoas com foto com pouca roupa justamente a dela foi censurada. A americana ficou convencida de que a censura só aconteceu por conta de seu manequim 42, então decidiu divulgar uma nova imagem, desta vez usando uma lingerie, pedindo o fim da discriminação de tamanhos maiores pelo site. Leia abaixo o comunicado:

“Quando você apaga fotos não-sugestivas de mulheres maiores, você está dizendo às mulheres que elas não importam. Você contribui para a queda de confiança e felicidade, roubando delas a oportunidade de aproveitar o brilho de sua beleza. Fim à discriminação de peso no Instagram”, escreveu na rede social.

Somente após a grande repercussão da polêmica, que além de bombar na web foi também noticiada em programas de TV e sites dos EUA, que o Instagram recuperou a conta de Sam e emitiu um pedido de desculpas admitindo que foi um erro deletar a conta de usuário dela. 

“Quando nossa equipe processa relatórios de outros membros da comunidade Instagram, ocasionalmente podemos cometer um erro. Neste caso, nós erroneamente removemos conteúdo e trabalhamos para corrigir o erro assim que fomos notificados. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente.”

Sem mais artigos