“Irmã da LOUD”, empresa brasileira lança jogo em blockchain para celular

A Monomyto, estúdio brasileiro de jogos para o mercado mobile e empresa-irmã da LOUD, anuncia seu primeiro título em blockchain game: o Gunstars, battle royale de tiro gratuito em terceira pessoa que traz como inovação a possibilidade de uma diversão monetizada por meio de recompensas exclusivas, coleta e transações de NFTs entre jogadores.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Explorar as arenas de combate para coletar suprimentos e armas, sobrevivendo a batalhas épicas com até 36 jogadores, é o principal objetivo no universo Gunstars.

No entanto, a estreia da empresa-irmã da LOUD no mercado de NFTs tem um propósito maior: para o fundador da Monomyto, Rafael Costa, integrar esse mercado de nicho a uma indústria popular, como a dos games mobile, dá abertura para que o público geral conheça mais sobre ativos digitais oferecendo um poder de negociação independente do próprio jogo.

“Gunstars é um marco na democratização dos NFTs para toda a comunidade. Seu DNA 100% brasileiro, que alia diversão às ferramentas web3, nos permitiu elevar a experiência dos jogadores a novos patamares ao oferecer um real poder de autonomia e decisão sobre o destino de seus ativos”, diz Costa.

Outra inovação são as experiências interativas in-game, que conectam fãs e criadores de conteúdo, nas quais os players podem controlar seus ídolos que estão no jogo como lendas – exemplo disso é o lançamento de personagens LOUD em todas as carteiras gratuitamente.

“Além da experiência de jogabilidade, a gente queria expandir as possibilidades, por isso incluímos a Babi e o Coringa, ambos players da LOUD, como lendas em Gunstars. Uma para aproximar a comunidade de seus criadores favoritos que se destacam no meio de gaming e assim eles possam servir também como exemplo para outros criadores que queiram participar e crescer junto com o projeto”, explica Rafael.

Para Victor Augusto – o Coringa – streamer e influenciador da LOUD, que começou a carreira jogando games para o celular, o formato é acessível e não perde em nada para os computadores.

“Os jogos mobile têm um impacto e alcance muito positivo, porque chegam muito mais fácil até as pessoas. Isso mostra que não é preciso uma estrutura grande com computador para jogar e se divertir. Esse lançamento é muito importante, pois eu comecei jogando com celular, e ser uma referência dentro do game com oportunidade de me tornar o personagem favorito de um jogador é uma conquista muito grande como profissional da área”, finaliza Coringa.

Gunstars é da nova geração de blockchain games, jogos desenvolvidos usando infraestrutura descentralizada na qual conquistas dentro do jogo podem ser monetizadas em marketplaces e com o uso de criptomoedas.

A primeira geração dos blockchain games, conhecida como Play 2 Earn, visava a possibilidade de ganhos financeiros como a principal proposta de valor dos jogos. “No Gunstars é diferente: queremos que nossa comunidade e base de jogadores, em primeiro lugar, se divirta. Bons jogos focados na experiência do jogador geram a possibilidade de ganhos financeiros sustentáveis. Essa é nossa meta”, comenta Costa.

Disponível para todos os países da América Latina, o jogo encoraja, ainda, a hipercustomização de avatares por meio de equipamentos, roupas, penteados, expressões e colecionáveis exclusivos. Desenvolvido para dispositivos móveis, Gunstars já tem download gratuito disponível para Android e, em breve, também para iPhone (IOS).

Sobre Monomyto

Monomyto é um estúdio brasileiro de desenvolvimento de jogos com foco no mercado mobile. Cria experiências multijogador divertidas para todos os que usam tecnologias web3. Assim como a LOUD, maior organização de games do Brasil, a empresa, fundada em 2016, integra a holding Spacecaps, plataforma para empreendedores e usuários com a missão desenvolver e impulsionar empresas e novos modelos de negócio nas indústrias de games, NFT, blockchain e criptomoedas.

"Irmã da LOUD", empresa brasileira lança jogo em blockchain para celular

Sem mais artigos