Os fabricantes sul-coreanos LG e Samsung lançaram nesta quarta-feira no mercado modelos de relógios inteligentes baseados no sistema operacional Android Wear, projetado especificamente pelo Google para dispositivos de tecnologia feitos para usar como aceesórios.

Os relógios inteligentes, que além de indicar a hora permitem realizar e receber chamadas, organizar a agenda do usuário, fazer consultas de informação e reproduzir música, entre outras prestações, foram apresentados na conferência de desenvolvedores Google I/O, que a empresa de Mountain View (Califórnia) realiza hoje e amanhã em San Francisco.

Os aparatos de LG e Samsung, batizados LG G e Samsung Gear Live, respectivamente, estarão disponíveis a partir desta mesma quarta-feira, e ambos têm forma retangular, similar à de um relógio de pulso digital, com os ângulos arredondados.

Na Google I/O também foi apresentado um relógio inteligente fabricado pela Motorola, o Moto 360, que ao contrário dos dois anteriores tem forma circular e será lançado “mais tarde”.

“O relógio funcionará como uma chave para um mundo de múltiplas telas”, disse o diretor de engenharia da Android, David Singleton, que assegurou que este dispositivo evitará que os usuários devam consultar seus telefones celulares “até 125 vezes a cada dia”.

Os relógios de LG, Samsung e Motorola com sistema operacional Android Wear permitem a interação do usuário a partir de comandos verbais, mediante os quais este pode encarregar o aparelho que, por exemplo, tome uma nota, mostre informação meteorológica, programe o despertador para uma hora determinada ou, inclusive, que não lhe incomode durante um tempo no qual deseja descansar.

Os relógios operados através de Android Wear também permitem realizar chamadas e videochamadas, assim como escutar música diretamente a partir do dispositivo e, quando o usuário não está utilizando nenhuma destas funções, mostram a hora através de um relógio de ponteiros digital.

Além disso, o Android Wear presta atenção à atividade física do usuário, um campo que ganha grande popularidade atualmente e no qual surgiram vários aplicativos para celular durante os últimos tempos, por isso que alguns dos relógios operados com Android levam a conta dos quilômetros andados pelo usuário, e inclusive podem informar sobre seu ritmo cardíaco.

Todos os modelos de relógio apresentados hoje em San Francisco são resistentes à água.

A conferência de desenvolvedores do Google acontece com quase um mês de diferença da de seu rival Apple – realizada no começo de junho – e, como a da Apple, foi feita no centro Moscone de San Francisco, onde se reúnem cerca de 6.000 pessoas a cada ano para presenciar as últimas novidades da empresa com sede em Mountain View (Califórnia). 

Sem mais artigos