Muitas pessoas dizem que é preciso mais que um rostinho bonito para iniciar um relacionamento sério, entretanto, a maioria das redes de relacionamento são baseadas nas fotos dos pretendentes. Para mudar isso, surge o LoveFlutter, aplicativo que tem o intuito de ser menos superficial que o Tinder.

Com o objetivo que a busca por pessoas interessantes vá além da foto, o aplicativo solicita que as pessoas publiquem fatos peculiares sobre os interesses ou personalidades e, assim, ajuda o usuário a encontrar pessoas com paixões e crenças em comum.

Como base, o LoveFlutter utiliza o sistema aberto de dados do Google, que reúne informações sobre pessoas, lugares e coisas; por isso, depois de marcado o encontro, o aplicativo ainda ajuda o casal a escolher um lugar bacana para esse primeiro contato pessoal, cruzando dados do Foursquare com a as áreas de interesse dos pombinhos.

Sem mais artigos