Pole position pela primeira vez desde o Grande Prêmio do Brasil de 2008, o piloto Felipe Massa, que vai largar em primeiro amanhã no GP da Áustria, afirmou que se sente “muito feliz e muito emocionado” tanto por ele quanto por sua equipe, a Williams, por seu resultado no treino classificatório deste sábado no circuito de Spielberg.

“Estou muito feliz, muito emocionado, não só por mim. Acho que há um sentimento muito similar entre o que sinto e o que se sente na Williams. A equipe tem uma grande história no passado e agora está de novo no topo, na luta”, disse Massa na entrevista coletiva posterior à sessão.

O brasileiro lembrou que se passou “muito tempo” desde sua última pole. “Após muito tempo sem estar nesta posição, espero que seja o começo de mais boas oportunidades, não só nas classificações, mas também nas corridas”, afirmou o piloto da Williams.

“Ser o mais rápido no circuito contra todos é sempre o melhor para um piloto. É um grande momento esta classificação, embora seja preciso trabalhar para amanhã, porque será uma corrida longa e dura. Mas é um grande começo”, acrescentou.

Perguntado sobre a classificação, Massa reconheceu que tem um carro “competitivo” e teve um “grande rendimento” tanto hoje como ontem nos treinos, mas também reconheceu que sua equipe está surpresa pelo resultado final e os erros da Mercedes, até agora grande dominadora das classificações.

“Estamos um pouco surpresos, esperávamos que a Mercedes estivesse mais forte. Nos preparamos para estar como eles nas últimas corrida”, declarou Massa.

Apesar de tudo, Massa não descartou o favoritismo da equipe alemã. “Não podemos esquecer o que fizeram até agora, e que eles não tiveram uma volta de classificação limpa. Tomara que possamos nos aproximar deles durante o campeonato. Mas ainda não estamos perto, estamos trabalhando para isso. Acho que amanhã veremos as Mercedes muito fortes, temos que estar preparados”, disse.

Sem mais artigos