Um fato passou quase despercebido nos treinos livres do GP de Mônaco, nesta quinta-feira (22), mas poderia ter sido uma tragédia na categoria. O mecânico da Red Bull, Nigel Hope, salvou Kimi Raikkonen de ser atropelado por Sebastian Vettel na saída dos boxes.

Quem capturou as imagens foi a emissora Sky Sports, que até entrevistou Hope. O mecânico levou tudo no bom humor e não se considera um herói, inclusive.

“Foi tudo muito repentino. Na hora, nem sabia que era o Kimi. Mas acabei percebendo muito rápido que era ele. Olhei em volta (antes de Vettel sair) e não tinha ninguém lá, de repente, ele (Kimi) estava lá”, disse aos repórteres.

Hope ainda disse que provavelmente o piloto finlandês nem tenha percebido que teve sua vida a perigo, e simplesmente “foi embora” depois de ser salvo.

“Acho que você salvou as pernas dele, pelo menos. Ele tem muito o que te agradecer”, opinou o profissional de imprensa.

Ainda em tom de brincadeira, o mecânico perguntou: “Devia eu tê-lo deixado lá?”, para ouvir uma resposta no mesmo tom: “Não, acho que você não deveria ter feito isso”.

Assista abaixo:

 

Sem mais artigos