A operadora de telefonia Oi quer dar um novo fim aos mais de 1 milhão de orelhões espalhados pelo Brasil: quer fazer deles pontos de internet banda larga sem fio gratuitos.

A intenção é fazer com que os telefones públicos – que têm pouco uso nos dias de hoje, com o número crescente de aparelhos celulares – possam oferecer acesso à internet sem fio em um raio de até 50 metros e em velocidades de até 2Mbps. Além disso, continuariam com sua função de chamada de voz e seriam equipados com webcams para uma visão de 360º.

Caso encontre empresas dispostas a patrocinar o projeto, a ideia pode realmente ser colocada em prática, do contrário, o acesso poderia ser feito por meio de cartões, mais ou menos como os cartões telefônicos, porém, com senhas.

Um dos novos orelhões Wi-Fi já foi testado em Ipanema, no Rio de Janeiro, mas a novidade durou pouco tempo: a prefeitura da cidade vetou o protótipo por considerar o equipamento “inadequado para o padrão mobiliário da cidade”, segundo informações publicadas na Folha de S. Paulo desta terça-feira, 26.

A boa notícia é que a Oi parece já esta em busca de parcerias para a captação de possíveis anunciantes, o que viabilizará o projeto. Agora é ficar na expectativa para que as prefeituras não encontrem empecilhos.  

Operadora quer disponibilizar orelhões com Wi-Fi

Sem mais artigos