Processadores AMD EPYC possibilitam inovações em um mercado crescente de data centers

Data centers são capazes de empoderar big data, analytics, Machine Learning, serviços, marketplaces, IoT e outras tecnologias, e são o pilar para viabilizar diversos serviços e produtos.

Pensando nisso, os processadores AMD EPYC resolveram possibilitar a pesquisa na área da saúde, provedores de nuvem e muito mais. As empresas de hoje precisam investir em potência energética e alta performance para atingir as necessidades do mercado e as demandas sociais por negócios mais sustentáveis.

O ano passado acelerou a transformação digital. Devido ao trabalho remoto, identificamos uma necessidade por mais serviços de nuvem e de TI, além de serviços digitais para a saúde e educação.

Para acompanhar essa demanda, provedores devem possuir componentes poderosos nos seus Data Centers e features que resolvam esses desafios. No mês em que celebramos o Dia do TI, analisamos como a tecnologia da informação está liderando a inovação e crescimento em todos os negócios com AMD EPYC.

Os processadores AMD EPYC permitem uma migração e integração sem preocupações com infraestruturas x86 pré-existentes. Vale ressaltar que a terceira geração do AMD EPYC é o processador x86 mais poderoso do mundo com até 30% maior performance por núcleo, economia de até 25% do custo total de propriedade e 10 a 15% mais rendimento por soquete e maior densidade por núcleo para computação de alto desempenho (HPC) e aplicações em nuvem. Eles também podem dobrar a curva de performance, eficiência, custo total de propriedade e tempo de comercialização.

Em um mundo onde os dados são um dos ativos mais importantes, a segurança é a prioridade número 1. Os processadores AMD EPYC foram desenvolvidos de forma que os dados ficam isolados para que diferentes threads e fontes estejam sempre separados e seguros. Outra medida de segurança adotada é a capacidade de criptografar os conteúdos da memória principal com uma única mudança nas configurações nas BIOS.

Dessa forma, ainda que alguém consiga acessar a informação, não será possível entendê-la. Essa é apenas outro procedimento que a empresa está realizando para tornar os data centers mais eficientes e confiáveis.

Em conclusão, os processadores EPYC nos data centers contribuirão para uma transformação digital mais rápida, uma melhor proteção de dados e impulsionará a inovação no setor de TI.

Sem mais artigos