Mercado de games deve aquecer ainda mais após redução no IPI

Com mais uma redução do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados), a terceira neste ano, feita pelo governo federal, a indústria de jogos eletrônicos e acessórios ganhou um respiro para manter aquecido o mercado de vendas.

A medida prevê um corte da alíquota sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo de 30% para 20%, fazendo assim com que os produtos tenham os preços ainda mais reduzidos.

O decreto reduz ainda o imposto sobre máquinas de jogos de vídeo com tela incorporada, portáteis ou não, e suas partes, de 6% para 0%. E no caso de partes e acessórios dos consoles e das máquinas de jogos de vídeo, cujas imagens são reproduzidas numa tela, a alíquota passará de 22% para 12%.

Historicamente, o mercado de games sempre sobe verticalmente nos últimos meses do ano. Para se ter uma ideia, segundo dados da consultoria GKF, as vendas de consoles no Brasil nos dois primeiros meses de 2020, ainda sem os efeitos da crise econômica causada pela pandemia, foram de 60 mil unidades. Se compararmos com novembro e dezembro do mesmo ano, mas já sob os impactos da COVID-19, o número cresce para 171 mil unidades comercializadas.

Com o aceno do governo federal na retomada, a projeção é de um crescimento extra na demanda dos consumidores para a troca de geração de consoles. Acredita-se em uma maior procura em relação aos consoles de última geração, como PS5, XBOX Series X e XBOX Series S.

Sem mais artigos