O Palmeiras, mais uma vez, está sem treinador de futebol. Após três meses no comando técnico da equipe, Antônio Carlos Zago não resistiu aos péssimos resultados na temporada, agravados por uma suposta forte discussão com o atacante Robert, e foi desligado do clube.

Desde a noite de ontem (17), em evento realizado pela Traffic, parceira do Palmeiras, Zago já sabia da decisão da cartolagem alviverde. Ele ficou muito chateado com o vazamento das informações de que teria discutido com Robert – fato que confirmou -, contudo, negou veementemente que teria chegado às vias de fato com o jogador do Verdão.

Nesta terça-feira, o ex-treinador deve ir ao Palestra Itália, entretanto, apenas para formalizar o desligamento do clube, que já possui nomes como Celso Roth e Cuca como possíveis substitutos para o brigão.

A confusão aconteceu após Robert, Marquinhos e Ewerthon terem se atrasados no retorno para o hotel do clube na noite de domingo (16). Apesar de causarem a confusão, o Palmeiras decidiu apenas rescindir com o primeiro, segundo a assessoria do atleta.

Atualizado às 15h45

Sem mais artigos