O homem que entrou no shopping Sello, em Espoo, na Finlândia, atirando a esmo nesta quinta-feira (31), foi encontrado morto em sua própria residência.

De acordo com a polícia, ele matou a ex-mulher em um apartamento e depois seguiu para o shopping, onde quatro pessoas morreram atingidas pelos tiros disparados por ele.

O pânico se espalhou no local, já que, naquela hora, muitas pessoas faziam suas últimas compras do ano em um dos maiores shoppings da Finlândia.

Em seguida, fugiu para sua casa e teria se suicidado. O suspeito é Ibrahim Shkupolli, de 43 anos e com antecedentes penais por maus-tratos e posse ilegal de armas de fogo. Ainda não há informações sobre o número de feridos no ataque. Os trens e ônibus foram desviados da região em razão do incidente.

Este é o terceiro tiroteio com vítimas fatais que acontece na Finlândia, um país aparentemente tranquilo, nos últimos 25 meses.

Sem mais artigos