O avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira chegou a Belém por volta das 21h30 desta quarta-feira com 32 brasileiros resgatados do Suriname após os ataques que aconteceram na noite de 24 de dezembro naquele país.


 


Os feridos – três em situação estável – foram retirados da aeronave e, em seguida, os outros passageiros desembarcaram. O avião deixou Paramaribo por volta das 20h05 (horário de Brasília) e chegou a Belém cerca de uma hora e meia depois.


 


Os brasileiros que foram resgatados receberam uma Autorização de Retorno da Embaixada Brasileira no Suriname para quem perdeu os documentos durante os ataques. Eles também ganharam uma peça de roupa, os sapatos e US$ 100 de auxílio.


 


Os resgatados terão liberdade de escolher o que fazer e para onde seguir.


 


A aeronave da FAB deixou o Brasil no começo da tarde, equipado com Unidade de Terapia Intensiva móvel, além de uma equipe com médicos e enfermeiros, uma assistente social da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e uma diplomata especializada em assuntos consulares.


 


Segundo informações divulgadas pelo Itamaraty, o ataque dos quilombolas ocorreu na cidade de Albina, a cerca de 150cm de Paramaribo, capital do Suriname.


 


Cerca de 20 estrangeiros, entre brasileiros, chineses e javaneses, foram agredidos pelo grupo dos conhecidos “marrons”. A confusão teria começado depois que um brasileiro foi acusado de matar um morador local.

Sem mais artigos