Nesta quinta-feira (21), o Banco Mundial anunciou a suspensão da dívida do Haiti por cinco anos. O Fundo Monetário Internacional (FMI), por sua vez, disse que seu empréstimo proposto ficaria isento de juros até 2011 para ajudar o país a iniciar a reconstrução.

Com essas ajudas, mais recursos serão liberados para reconstruir a capital Porto Príncipe, parcialmente destruída com o terremoto que atingiu o país na última terça-feira (12).

Em comunicado, o Banco Mundial afirmou que “estamos trabalhando para encontrar um caminho a fim de cancelar a dívida remanescente”. Vale lembrar que a dívida atual do Haiti gira em torno de US$ 38 milhões.

Segundo Caroline Atkinson, porta-voz do FMI, o empréstimo de US$ 100 milhões feito pelo Haiti está sendo analisado pela entidade e será decidido no próximo dia 27 de janeiro pelo conselho, formado pelos países membros.

Sem mais artigos