Você ficará mais seguro se tiver um carro dourado ou laranja. É que um estudo realizado pela Universidade de Monash, na Austrália, constatou que os carros de cor amarelo-ouro, laranja ou branca são menos propensos a acidentes.

Por outro lado, os veículos pretos correm um risco quase 50% maior de acidentes. Além do preto, as cores prata, vermelha e azul também são vistas com desconfiança. Segundo os pesquisadores, essas são cores que não se destacam em estradas, paisagens ou em relação a outros carros.

Durante o dia, os veículos escuros estão 12% mais propensos a acidentes do que os brancos, enquanto ao entardecer o número sobe para até 47%.

A equipe da Universidade de Monash avaliou os registros policiais de 850 mil acidentes registrados na Austrália nos últimos 20 anos. Veículos comerciais, incluindo táxis e vans brancas, não foram incluídos na pesquisa.

“A escolha da cor do veículo pode alterar o risco de acidente, mas este é um fator muito menos influente do que dirigir alcoolizado ou em alta velocidade”, explica Stuart Newstead, responsável pela pesquisa.

Moral da história: se beber, não dirija (independentemente da cor do seu carro).

Sem mais artigos