O crescimento da economia brasileira em 2009 deverá chegar a 6,1%. De acordo com a pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Lojistas e pelo Serviço de Proteção ao Crédito, a demanda do mercado interno é a principal responsável por este avanço.

O levantamento aponta a expansão do crédito, o aumento dos salários acima da inflação, os preços sob controle, os investimentos em infraestrutura e o aumento da renda das classes C, D e E, como os pontos que puxaram este crescimento do Produto Interno Bruto em 2009.

Com isso, o Brasil deverá ter o terceiro maior crescimento da economia em 2009, perdendo apenas da China, com 9,4% e para Índia, com 8,6%. Confira o ranking dos avanços do PIB:

1) China + 9,4%
2) Índia + 8,6%
3) Brasil + 6,1%
4) Coreia do Sul + 5%
5) Rússia + 4,1%
6) México + 3,8%
7) EUA + 2,5%
8) Zona do Euro + 2,4%
9) Japão + 2%

Outro fator apontado para a expansão econômica do país foi a retomada do comércio exterior, com vendas maiores e preços dos produtos exportados em alta. Além disso, os investimentos externos seguem em alta.

Sem mais artigos