Preocupada com o problema da Aids, Adriane Galisteu defende que camisinhas sejam incluídas na cesta básica. A apresentadora disse ao jornalista Odair Del Pozzo, do Terra: “A luta conta a Aids é muito séria e eu só vou sossegar quando as camisinhas fizerem parte das cestas básicas. Para isso, vou falar com Lula“.


 


Nesta segunda-feira (30), Galisteu organizou um jantar beneficente para arrecadar verba para seu projeto “A Cara da Vida”, que luta contra o preconceito. Os convidados pagaram RS 1.000 e saborearam pratos portugueses.

Sem mais artigos