O atacante Mario Balotelli, da Inter de Milão, voltou a chamar a atenção da imprensa neste domingo, por ter sido parado pela polícia enquanto fazia disparos para o ar com uma arma de brinquedo no centro de Milão.

O jogador viajava de carro acompanhado por três amigos. Quando começaram a atirar, os pedestres chamaram a polícia, imaginando que se tratava de uma pistola de verdade.

Os agentes pararam o veículo e identificaram os passageiros, dentre eles Balotelli, que comprovou depois que a arma não era de verdade, informa a edição de hoje do jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.

Nenhum dos quatro jovens foi denunciado ou detido, e o próprio atacante do Inter pediu desculpas pelo ocorrido.

Acostumado a estar na mira da imprensa italiana por suas polêmicas tanto dentro como fora de campo, Balotelli declarou que a brincadeira foi uma “infantilidade”.

“Não fiz nada de mais, só estava brincando com meus amigos”, disse o atacante, garantindo que está concentrado para a próxima temporada com a Inter.

Sem mais artigos