Durante discurso no Fórum Econômico Brasil-Itália, realizado em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta terça-feira que o Produto Interno Bruto do Brasil cresceu entre 8 e 10%, no terceiro trimestre de 2009, em relação ao mesmo período de 2008.

Com desempenho maior do que a taxa de expansão observada no segundo trimestre, Mantega ressaltou que o PIB do país está crescendo e confirmando o dinamismo da economia, mesmo durante o período da crise internacional.

Para 2009, Mantega reafirmou a previsão de crescimento de 1%, uma taxa ainda baixa mas positiva. “A economia brasileira foi uma das últimas a entrar na crise e o País é um dos primeiros a sair. O Brasil entrou forte na crise, porque tinha uma economia que estava crescendo com dinamismo”, afirmou Mantega.

Sem mais artigos