Dados divulgados na noite da sexta-feira (21) pelo Ministério da Saúde argentino comprovam, quando comparados com as informações das secretarias estaduais de saúde brasileiras, que o número de mortes causadas pela gripe suína no Brasil já superou o registrado no país vizinho.

A Argentina registra 439 falecimentos relacionados com o vírus Influenza A (H1N1), enquanto o Brasil já tem 488 mortes, se aproximando dos Estados Unidos, que registra 522 falecimentos. A OMS informou que, em todo o mundo, foram registrados, até o momento, 1.799 mortes causadas pela doença e, há uma semana, o Brasil já havia superado o México, país onde a pandemia foi originada.

Uma das razões para esse fato é que, enquanto Brasil e Argentina estão enfrentando o inverno, Estados Unidos e México passam pelo verão.

Brasil supera Argentina e é 2º país com mais mortes por gripe suína

Sem mais artigos