Pelo menos três peregrinos iranianos morreram hoje e outras 54 pessoas ficaram ferides pela explosão de um carro-bomba junto a um ônibus na cidade santa xiïta de Najaf, no Iraque, a cerca de 160 quilômetros de Bagdá.
Segundo informaram à agência Efe fontes policiais, o atentado aconteceu no centro de Najaf, nas cercanias do mausoléu do Imame Aliï, primo e genro do profeta Maomé.

Entre os 54 feridos há 17 iraquianos, alguns deles com lesões graves, segundo as fontes, que também explicaram que a detonação causou danos em edifícios e carros.

O atentado acontece na véspera das eleições parlamentares iraquianes, para a escolha da nova coalizão governante.

Em Najaf está o aiatolá dos xiitas iraquianos, Aliï al Sistani, que se manteve alheio às opções políticas que para o pleito de amanhã.

Carro-bomba mata pelo menos 3 e deixa 54 feridos no Iraque

Sem mais artigos