Espera-se que dois milhões de romeiros tomem as ruas de Belém (Pará) durante todo o domingo (11). Até o momento, os devotos já percorreram mais da metade da procissão do Círio de Nazaré.



Antes das 6h da manhã, fiéis já disputavam um espaço próximo da Catedral Metropolitana, de onde a grande procissão saiu. A celebração foi precedida pelo arcebispo emérito de Belém, Dom Vicente Zico, e pelo ex-arcebispo de Belém e atual arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta.



Neste início de tarde, os fiéis já percorreram 50% do percurso, cerca de 3,5 km. Um dos ícones mais importantes da procissão do Círio de Nazaré é a corda dos promesseiros, que conduz a Berlinda que abriga a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré nas duas procissões, da Trasladação e do Círio.



Homens das Forças Armadas, Marinha, Exército e os guardas da santa, os chamados guardas de Nossa Senhora de Nazaré, de camisa branca, se concentram em organizar os devotos e controlar o acesso nas ruas transversais.

Sem mais artigos