A escolha de produtos de marca não é uma preocupação da maior parte dos consumidores. A constatação é de uma pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), na qual 50,2% dos entrevistados afirmam que não escolhem os produtos por marcas famosas.

No entanto, quando o levantamento é feito por classes sociais, os consumidores da A e B são os mais preocupados em comprar de marcas conhecidas, 40% do total. Já nas classes D e E, o total cai para 21% dos consumidores.

A superintendente de marketing da ACSP, Sandra Turchi, explicou que o consumidor de baixa renda está em busca do custo benefício, o que reflete na compra das marcas mais baratas. Porém, ela destaca que esse público costuma ser mais fiel às mercas que consomem.

O estudo foi realizado com 800 entrevistados e mostrou que 82,8% dos participantes concordaram que as marcas com melhor qualidade são as mais caras.

Sem mais artigos