Provando que arte não é só coisa de gente grande, a pequena grafiteira Bianca, mais conhecida como Bia, de apenas dez anos, tem chamado a atenção dos admiradores de street art de São Paulo com seus graciosos desenhos, mas de muita personalidade. É possível ver suas ilustrações em muros da Av. Rebouças e nos bairros do Imirim e Pompéia.

Bia começou a desenhar aos seis anos com total apoio da mãe, Zeila Trevisan, uma das grandes representantes femininas da arte urbana. Mesmo com o preconceito que ainda existe em relação ao grafite, ela diz que a arte sempre deve ser incentivada pois contribui muito para a formação do caráter. “Sempre desenhamos ou pintamos juntas, ela absorve facilmente as referências e técnicas e eu fico do lado apoiando e corujando”, brinca a artista.

Para os pais que têm vontade de incutir nos filhos o gosto pelo grafite, Zeila aconselha que eles devem se informar a respeito dessa cultura urbana e acompanhá-los nas pinturas. “No meu caso é mais fácil pois eu também pinto e ela está comigo, mas não é um bicho de sete-cabeças”, diz. “Todas as crianças nascem com um dom artístico, seguirem ou não depende do incentivo que recebem em casa, da escola, dos amigos”, conclui Zeila.

Leia agora uma entrevista com a garota:

Virgula – Quando e porque você começou a grafitar?
Bia – Quando eu tinha seis anos, em 2005, porque a minha mãe me incentivou para ir pintar uma vez, aí eu gostei e comecei a grafitar.

V – O que você mais gosta de desenhar?
B – Eu adoro desenhar menininhas.
 
V- O que os seus amigos da escola falam sobre essa sua atividade?
B – Eles adoram, falam que querem pintar comigo.

V- Pretende seguir nessa carreira ou é apenas uma diversão?
B – Bem, eu acho que é apenas uma diversão, mas posso seguir nessa carreira.

V) Você tem ídolos no grafite?
B – Sim. Minha mãe Zeila, a Tikka e a Suzue.

V) Quais dicas você dá pra meninas e meninos que também queiram começar a grafitar?
B – Falo para eles começarem com rolinho e pincel e depois irem para o spray, que é mais difícil.

Para conhecer mais o trabalho de Bia, visite o fotolog www.fotolog.com/bia_noturnas e o blog www.zeilatrevisan.blogspot.com

Veja também o vídeo feito por Shima e Tony de Marco à esquerda.

Sem mais artigos