O governo do Japão está preocupado com o aumento no número de suicídios no país no mês de janeiro. Segundo dados oficiais, os números deste tipo de ocorrência subiram 15% no primeiro mês do ano, na comparação com o mesmo período de 2008, devido ao agravamento da crise econômica.

A situação começa a se agravar pois as pessoas que perderam o emprego nos últimos meses começam a enfrentar dificuldades com o fim do período de pagamento do seguro-desemprego. O benéfico é pago por no mínimo três meses aos assalariados despedidos e pode ser recebido por até um ano.

Com as demissões tiveram início em novembro de 2008, a última parcela do seguro foi paga agora em março para uma boa parte dos que perderam o emprego. As autoridades se mostram preocupadas com os efeitos do fim do benéfico nos próximos meses.

De acordo com a polícia japonesa, em janeiro foram registrados 2.645 suicídios, contra 2.305 casos do mesmo mês do ano passado. Em 2008, o número total ficou próximo dos 32 mil, ultrapassando a marca dos 30 mil pelo 11º ano consecutivo. No ano anterior, foram registrados 33.093.

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos