A crise do vôlei nacional parece ter ultrapassado as quatro linhas das quadras e chegado a praia também. Nesta terça-feira (2), a Cimed anunciou o fim de seu patrocínio na modalidade seis meses após renovar seu acordo com a dupla Maria Clara e Carol, e Pedro Solberg e Pedro Cunha.

Assim como os clubes de quadra, a saída da Cimed da areia seria por problemas com a mídia também. Um dos motivos alegados para deixar a modalidade foi uma resposta à Globo que não transmite mais etapas do Circuito Banco do Brasil em seu canal fechado, a Sportv.

A atitude adotada pela Cimed contrapõe a postura da empresa no começo do ano quando anunciou que transformaria Florianópolis na “capital do vôlei”. Na ocasião, o contrato com as duplas havia sido renovado.

Sem mais artigos