A crise econômica já começa a afetar a produção cinematográfica brasileira. Além de ter menor verba do setor público, os produtores também enfrentam dificuldades para conseguir apoio de empresas privadas.

Mesmo com os incentivos de leis do Audiovisual e Rouanet, que permitem deduzir do Imposto de Renda o dinheiro destinado às produções, as empresas estão preferindo segurar o dinheiro agora, mesmo sabendo que poderão ser ressarcidas depois.

Já no setor público, a situação também não é das mais animadoras. Em 2008, a Petrobras suspendeu recursos de R$ 20 milhões, enquanto a operadora ferroviária MRS Logística e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) avisaram que não irão liberar verbas neste semestre. Outro financiador habitual, o BNDES, ainda não divulgou quando pretende selecionar os projetos a serem financiados este ano.

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos