Mesmo após a revelação pública de alguns jogadores italianos (entre eles o volante Gatuso) de que não gostariam de ver o brasileiro Amarui, da Juventus, defendendo a Azzura, o atacante , em entrevista publicada nesta segunda-feira (dia 9) pelo jornal Gazzetta dello Sport, disse que vestir a camisa da atual campeã do mundo seria uma forma de mostrar sua gratidão ao país que o ‘revelou’ para o futebol internacional.



“Se eu jogar pela seleção italiana não será um cálculo sobre minha carreira, porque é um sentimento especial. Estou na Itália há dez anos e esse país me deu tudo. Vestir a camisa da Azzurra seria uma retribuição”, afirmou o camisa oito da Juve.



Mesmo sem ter atuado em um time profissional no Brasil, o jogador de 28 anos, que tem em seu currículo passagens por Napoli, Bellinzona, da Suíça, Piacenza, Messina, Chievo e Palermo, antes de chegar à Juventus, em julho do ano passado, também falou sobre a possível possibilidade de defender seu país. “Vocês saberão da minha escolha num futuro breve”, afirmou.

Sem mais artigos