A federação mexicana de futebol anunciou hoje que analisará o trabalho do sueco Sven-Goran Eriksson para decidir se ele continuará como técnico da seleção.

Na quarta à noite, o México foi derrotado por 3 a 1 em visita a Honduras e ocupa apenas o quarto lugar do hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf à Copa de 2010 – apenas os três primeiros se classificam diretamente.

Segundo Néstor de la Torre, responsável da federação pelas equipes do país, Eriksson já foi informado sobre o encontro, deu suas opiniões e ficará à espera da decisão.

“Todos sabemos que os resultados são primordiais e que a meta é a vaga na Copa. As complicações para ganhar fora de casa faz com que tenhamos de analisar bem a situação”, comentou.

O presidente da Federação, Justino Compeán, disse que há muitas pessoas decepcionadas com os resultados da seleção: “Nosso objetivo é ir à África do Sul e não podemos nos conformar com os 15 pontos em casa, já que qualquer tropeço ou empate nos complicaria”, comentou.

A imprensa esportiva do país qualificou de “humilhante” a derrota do México em San Pedro Sula e já antecipa a volta de Javier Aguirre para o lugar de Eriksson. Segundo o jornal Récord, o ex-treinador do Atlético de Madri foi contatado pela federação e aceitou o convite.

Sem mais artigos