Um strip-tease ao melhor estilo do filme britânico Ou Tudo ou Nada (1997) é a nova forma de protesto de um grupo de desempregados austríacos, que fez a encenação diante de uma agência de empregos.

A iniciativa parte da organização Arbeitslosenmafia (máfia dos desempregados), que lançou hoje o protesto perante uma agência de empregos na cidade de Graz, pela falta de trabalho.

Apesar das baixas temperaturas, quatro homens tiraram e lançaram as roupas contra o escritório de busca de emprego austríaco (AMS).

A iniciativa pretende demonstrar “coragem civil” e um novo “espírito de luta” contra a resignação generalizada com a qual se assume a perda de um emprego, explicou o porta-voz do protesto, Karl Stehlik.

“Os desempregados são tratados na Áustria como pessoas de segunda categoria”, protestou Stehlik, de 53 anos, que lamentou que a agência ofereça apenas “trabalhos de escravo” por salários muito baixos.

Para tentar atrair a atenção da população e da classe política, a melhor via são iniciativas divertidas como um strip-tease, afirmou, como publica a rádio pública local “ORF”.

Longe de estar satisfeita com a iniciativa, a organização assegura que pretende lançar propostas maiores e em lugares mais emblemáticos para atrair mais a atenção.

Para isso, anunciou que o próximo passo será um desfile de topless perante o Parlamento austríaco, no qual participarão as desempregadas.

Sem mais artigos