Segunda a filha da idosa que morreu na manhã de sábado após o desembarque de voo vindo de Nova York no aeroporto Tom Jobim, no Rio, cerca de R$ 13.740 que estavam em sua bolsa sumiram.

 

A filha da idosa teria visto a bolsa no IML, e aí conferido que só havia documentos em seu interior. A filha não acompanhou a mãe e chegou ao Rio somente na noite de sábado.

 

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou não ter conhecimento sobre o suposto desaparecimento do dinheiro.

A TAM informa que a idosa começou a se sentir mal quando o avião se aproximava da cidade. O pessoal de terra da TAM foi acionado pelo comandante da aeronave para pedir o socorro médico da Infraero.

 

Segundo a TAM, o atendimento de emergência não se encontrava no corredor da saída após a aterrissagem do voo. A passageira seria conduzida ao ambulatório ao aeroporto, mas desmaiou no corredor. Ela foi levada pelo serviço médico da Infraero em uma ambulância. Ainda não se sabe a causa da morte.

Sem mais artigos