O Banco Mundial (BM) reduziu nesta quarta-feira (18) a previsão de crescimento da China para 6,5%, o que fica bem abaixo dos 8% que o país precisa para sobreviver à crise internacional sem maiores problemas. Foi a segunda vez que a instituição reduz a previsão do Produto Interno Bruto (PIB) chinês.

No primeiro relatório do ano do BM, a expectativa era que a economia chinesa, considerada a terceira maior do mundo, avançasse 9,2% em 2009, ficando abaixo dos dois dígitos. No entanto, o PIB de 2008 ficou em 9%, contra os 13% de 2007.

A previsão do BM é também menos otimista que a estimada pelo governo chinês, que acredita em expansão de 8%. Esse é o patamar mínimo necessário, apontado por analistas, para que o país asiático garanta a geração de empregos estabilidade social.

O relatório aponta que o principal problema para o país é o fato de a crise mundial ter reduzido as exportações chinesas, o que acaba repercutindo de forma nos investimentos e empregos no setor industrial.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da
Internet está a um clique daqui!

Sem mais artigos