(Por Gabriel Codas) Os bancos centrais da Inglaterra e da Europa anunciaram nesta quinta-feira (5) um corte na taxa de juros de 0,5 ponto percentual. No Reino Unido, essa redução levou o custo do dinheiro para 0,5% ao ano, já na Zona do Euro a queda foi para 1,5%. Ambos os cortes levam os juros ao nível mais baixo já registrado na história.

Apesar do recorde, os cortes já eram esperados pelos analistas e também pelo mercado. Outra medida anunciada pelo banco inglês é a compra de até 75 bilhões em libras esterlinas (cerca de US$ 105 bilhões) em títulos do Tesouro com vencimento no médio e no longo prazo durante os próximos três meses.

As expectativas pessimistas para os gastos dos consumidores e para os investimentos das empresas foram as principais justificativas apontas pelos bancos centrais para o corte. A preocupação é evitar uma queda ainda maior da inflação, para abaixo da meta de 2% no médio prazo.

Sem mais artigos