Teve um tempo em que ele não saia da cabeceira das modelos. Sim, “O Pequeno Príncipe” era tão citado pelas belas como seu livro preferido que virou piada. Mas não foi só com elas: o personagem de Antoine Saint-Exupery, um príncipe-menino que morava num micro-planeta e oferecia pílulas de sabedoria sobre muitos assuntos da vida, virou um sucesso mundial, traduzido em 60 línguas.

Estreia hoje (22) a exposição O Pequeno Príncipe na Oca, no museu situado no Parque Ibirapuera, em São Paulo. Parte do Ano da França no Brasil, é um mergulho no universo do personagem e do escritor, célebre por seu espírito aventureiro e viajante incansável.

“O nosso objetivo é oferecer para a família momentos de lazer, contemplação, reflexão e, principalmente, a mensagem de amor ao meio ambiente, por meio de valores éticos, ecológicos e sociais contidos na obra O Pequeno Príncipe. Saint-Exupéry foi um homem de ação, e também um escritor visionário, que já discutia, nos anos 1930 e 40, os temas da sustentabilidade e biodiversidade”, explica Sheila Dryzun, idealizadora da Exposição.

Na exposição, visitantes poderão ver uma caprichada cenografia (assinada por Daniela Thomas e Felipe Tassara), mostrando ambientes por onde Saint-Exupéry passou e cenários de fantasia tiradas do livro, muitas partes interativas e seções com áudio-visual. Além disso, encontrará objetos que pertenceram a Saint-Exupery, como seus rascunhos e a pulseira encontrada no mar depois que seu avião desapareceu sobre o mar duante a Segunda Guerra Mundial.

Pequeno Príncipe na Oca
22/10 – 20/12
Oca – Pavilhão Lucas Nogueira Garcez
Parque do Ibirapuera s/n – Portão 3
Ingresso: R$ 18,00
Meia: R$ 9,00 (estudantes e professores com identificação da instituição)
Info: (11) 3034 6424 ou pelo site oficial do evento.

Sem mais artigos