A indústria paulista, a maior do país, deve ter um crescimento da produção de 5% em fevereiro, de acordo com o levantamento Sinalizador da Produção Industrial (SPI) de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os dados foram divulgados na manhã desta quinta-feira (12).

Na pesquisa passada, o SPI apontou uma alta de 5,7% em relação a dezembro com ajuste sazonal, sendo que nos números oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o avanço da indústria de São Paulo foi 2,2%. Nos próximos dias, o instituto deve revelar os dados consolidados de fevereiro.

Por outro lado, levando em consideração o mesmo mês do ano passado, a queda na produção chegaria a -12,8%. Além disso, a FGV explica que na comparação dos últimos 12 meses até fevereiro, com o período de 12 meses até janeiro, o resultado ainda é ruim: a taxa de crescimento se reduziria pelo sétimo mês consecutivo, alcançando 1,1%, o menor nível desde fevereiro de 2004, quando foi de -0,3%.

Sem mais artigos