O Fluminense ganhou mais um título nesta terça-feira (14). Não, o clube carioca não esteve em campo e sim confirmou a taça de 2002 no Tribunal de Justiça Desportivo (TJD). Os auditores deram vitória para o Tricolor por unanimidade, 8 a 0.

O recurso do Bangu faz referência a semifinal da competição daquele ano quando o goleiro Eduardo fez um gol e o árbitro anulou afirmando que o tento teria sido feito de mão. Após isso, o jogo ficou no 1 a 1 e o Fluminense se garantiu na decisão, o que não foi aceita pelos dirigentes do Bangu.

Com essa conquista, o Fluminense se ratifica ao lado do Flamengo como o maior vencedor da história do Campeonato Carioca com 30 conquistas. No entanto, o rival do Tricolor poderá ficar com a 31ª taça nesta temporada, pois está na decisão da Taça Rio.

Apesar da confirmação do título, o Fluminense poderá ter mais dores de cabeça com esse caso. O Bangu tem o direito de recorrer no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas o advogado do clube, José Mauro do Couto Filho, afirmou que a agremiação ainda analisará se levará adiante com a ação.

Sem mais artigos