A executiva do PSDB decidiu na tarde desta terça-feira (1º) que os membros do partido devem deixar os cargos no governo do Distrito Federal. Atualmente, os tucanos ocupam as secretarias de Obras, com Márcio Machado, de Governo, com José Humberto Pires, e a de Fazenda, com Waldivino Oliveira.

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse que as acusações contra o governador do DF, José Roberto Arruda, são graves e devem ser apuradas. Com a saída do PSDB, Arruda já perdeu o apoio de quatro partidos (os outros três são PPS, PSB e PDT).

Governador do DF perde apoio de quatro partidos

Sem mais artigos
Sair da versão mobile