A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira (21) que a gripe suína já provocou mais de 700 mortes ao redor do mundo e que sua propagação continua.

“Há mais de 700 casos de mortes reportados”, confirmou à imprensa uma porta-voz da entidade.

A OMS deixou de divulgar quadros estatísticos com os casos de pessoas infectadas por países devido à propagação em massa da pandemia pelos cinco continentes.

Na última vez que informou os casos confirmados, em 10 de julho, tinham sido registrados mais de 100.000 em todo o mundo, mas “esses dados não refletem a situação atual da infecção”, esclareceu a porta-voz.

De acordo com as últimas informações da OMS, os países com um grande número de casos deixaram de realizar testes de diagnóstico sistemáticos para concentrar seus esforços na contenção da pandemia.

Gripe já matou mais de 700 pessoas, diz OMS

Sem mais artigos