A pandemia de gripe suína pode atingir entre 35 milhões e 67 milhões de brasileiros nas próximas oito semanas. Desse total, até 16 milhões terão algum tipo de complicação, precisando de tratamento médico e até 4,4 milhões precisarão ser hospitalizadas. Os dados fazem parte do documento “Plano Brasileiro de Preparação para uma Pandemia de Influenza”, publicado em abril de 2006 pelo Ministério da Saúde e criado por epidemiologistas com base em pandemias anteriores.

Mas o texto é um estudo genérico e não específico sobre o H1N1, portanto, é possível que não sejam válidos todos os pressupostos contidos no modelo.

Na sexta-feira (17), a Organização Mundial de Saúde desistiu de contar os casos individuais da doença e informou que não emitirá mais boletins globais sobre o número de infectados. A OMS revelou que 95 mil casos de gripe suína já foram reportados em todo o mundo, sendo 429 mortes.

Sem mais artigos