Com desafio marcado para o dia 13 junho contra espanhol Sergei Bruguera, Gustavo Kuerten voltou a bater bola. Mas o início da preparação não se mostrou positivo. O tenista voltou a sentir dores no quadril lesionado. Mesmo assim, não se importou. “O principal para mim neste momento é a sensação de voltar a treinar. Já faz três semanas que voltei a bater bola com o Larri (Passos), e havia ficado oito meses parado”. contou o tenista, que chegou a ser número um do mundo.


 


Desafiado pelo cinquentão John McEnroe, que venceu domingo o Rio Champions, Guga disse que aceita. Mas só vai pensar nisso depois do duelo com Bruguera.


 


A preparação do tenista inclui sessões de fisioterapia com gelo. Guga bate bola nas quadras do Lagoa Iate Clube, em Florianópolis, sede do tradicional Banana Bowl, mais famoso torneio juvenil do país.

Sem mais artigos