O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10), divulgado nesta terça-feira (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu mais em agosto e fechou o mês em -0,60%, ante recuo de 0,35% em julho e marcou o terceiro mês consecutivo de queda, devido principalmente a retração dos custos no atacado.

Na passagem de julho para agosto, o Índice de Preços por Atacado (IPA), um dos três componentes do IGP-10, caiu 1,04%. Em julho, a queda havia sido de 0,68%. Segundo a FGV, o IPA Agrícola teve queda de 2,44% ante declínio de 0,69% em julho. O IPA Industrial caiu 0,57% após queda de 0,07% no mês passado.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,20% em agosto, depois de alta de 0,21% em julho. O Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) registrou alta de 0,22% em agosto, com desaceleração em comparação com a elevação de 0,48% em julho.

No ano, o Índice Geral de Preços-10 acumula queda de 2,13% e, nos 12 meses até agosto, registra declínio de 1,04%. O período de coleta de preços para o IGP-10 vai dia 11 do mês anterior ao dia 10 do mês do fechamento.

IGP-10 aprofunda queda em agosto, revela pesquisa

Sem mais artigos