O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no país, fechou 2009 em 4,31%, a menor taxa desde 2006, quando o país encerrou o período com inflação de 3,14%. O resultado ficou abaixo do centro da meta estipulada pelo Banco Central para o ano, que era de 4,5%, e também foi inferior à inflação observada em 2008, quando foi registrada alta de 5,9%.

Em dezembro, a taxa apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi de 0,37%, inferior à de novembro, quando houve elevação de 0,41%. Em dezembro de 2008, o IPCA havia ficado em 0,28%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (13) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“Enquanto o ano de 2008 foi influenciado pela alta dos alimentos, que haviam fechado em 11,11%, em 2009 esses produtos tiveram variação de 3,18% (sendo 2,64% no primeiro semestre e 0,52% no segundo) e explicaram a redução do IPCA de um ano para o outro”, explicou o IBGE em nota.

Inflação oficial fecha 2009 em 4,31%, a menor taxa desde 2006

Sem mais artigos