O governador José Serra é quem tem o maior número de seguidores. Já os senadores Delcídio Amaral e Alvaro Dias disputam a dianteira quando o assunto é o número de mensagens. Aloízio Mercadante, Agripino Maia, ACM Neto, Fernando Gabeira e Manoela D’Ávila tentam ampliar a popularidade na Internet, ou melhor, no Twitter, o microblog que ganha cada vez mais espaço entre os políticos brasileiros.

Inspirados na experiência da campanha presidencial de Barack Obama no ano passado, senadores, deputados, prefeitos e vereadores tratam cada vez mais o Twitter como uma brincadeira séria que pode significar transparência e proximidade junto aos eleitores.

Mas nem tudo são flores. Para quem está acostumado com a “twitosfera”, acompanhar as mensagens de um político pode ser uma tarefa indigesta, já que alguns engravatados usam a ferramenta de maneira burocrática como se fosse apenas e somente uma plataforma de campanha política. Em geral, eles levam à risca a pergunta What are you doing? (“O que você está fazendo?”) para usar e abusar da primeira pessoa – “Eu estou”, “Eu vou”, “Eu assinei”, “Fui eu que fiz”…

Evolução

Seja como for, o importante é colecionar novos seguidores. Só assim o trabalho no Twitter ganha visibilidade. Deste modo, senadores e deputados têm aumentado consideravelmente o número de followers.

No último mês, o Virgula acompanhou a evolução de alguns dos principais parlamentares na rede. Confira:

José Serra (PSDB) – Governador de São Paulo (@joseserra_)
13/07
28,929 Seguidores
203 Mensagens

27/07
46,434 Seguidores
264 Mensagens

14/08
63,780 Seguidores
352 Mensagens

José Agripino (DEM-RN) – Senador (@joseagripino)
13/07
3,191 Seguidores
161 Mensagens

27/07
4,255 Seguidores
224 Mensagens

14/08
5,030 Seguidores
309 Mensagens

Aloizio Mercadante (PT-SP) – Senador (@mercadante)
13/07
4,789 Seguidores
237 Mensagens

27/07
6,843 Seguidores
270 Mensagens

14/08
9,552 Seguidores
340 Mensagens

Demóstenes Torres (DEM-GO) – Senador (@demostenes_go)
13/07
684 Seguidores
10 Mensagens
* Primeira Mensagem: 6 de julho

27/07
988 Seguidores
47 Mensagens

14/08
1,493 Seguidores
96 Mensagens

Delcídio Amaral (PT-MS) – Senador (@delcidio)
13/07
1,556 Seguidores
786 Mensagens

27/07
1,962 Seguidores
884 Mensagens

14/08
2,543 Seguidores
974 Mensagens

Tasso Jereissati (PSDB-CE) – Senador (@Tassojer)
13/07
726 Seguidores
23 Mensagens
* Primeira Mensagem: 22 de junho

27/07
1,076 Seguidores
30 Mensagens

14/08
1,580 Seguidores
34 Mensagens

Cristovam Buarque (PDT-DF) – Senador (@Sen_Cristovam)
13/07
4,191 Seguidores
83 Mensagens

27/07
6,383 Seguidores
99 Mensagens

14/08
8,372 Seguidores
129 Mensagens

Alvaro Dias (PSDB-PR) – Senador (@alvarofdias)
13/07
955 Seguidores
408 Mensagens

27/07
1,467 Seguidores
565 Mensagens

14/08
2,080 Seguidores
1,197 Mensagens

Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) – Dep. Federal (@RollembergPSB)
13/07
290 Seguidores
71 Mensagens

27/07
661 Seguidores
234 Mensagens

835  Seguidores
494 Mensagens

Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA) – Dep. Federal (@acm_neto)
13/07
516 Seguidores
163 Mensagens

27/07
1,215 Seguidores
434 Mensagens

14/08
1,714 Seguidores
687 Mensagens

Fábio Faria (PMN-RN) – Dep. Federal (@FabioFaria33)
13/07
392 Seguidores
183 Mensagens

27/07
924 Seguidores
475 Mensagens

14/08
1,670 Seguidores
829 Mensagens

Crescimento

Ao lado do sócio Matheus Mendonça, Leonardo Santos gerencia o Politweets, um site que disponibiliza a relação de políticos brasileiros presentes no Twitter. A ideia surgiu quando Leonardo acompanhava as eleições presidenciais dos Estados Unidos no ano passado.

“Havia um site dos EUA que fazia a cobertura das prévias e percebi que o Twitter era uma ferramenta muito utilizada. Foi quando surgiu a ideia de fazer uma relação nacional de políticos que estavam na rede. A iniciativa amadureceu e mais políticos brasileiros passaram a usar o Twitter. Até que, no início de junho deste ano, nós conseguimos colocar o site no ar”.

De acordo com Leonardo, a entrada do governador paulista José Serra acelerou a corrida dos políticos para entrar no Twitter. No entanto, muitos estão despreparados para utilizar a ferramenta.

“Alguns usam o Twitter de maneira adequada. São políticos que interagem com os internautas, pedem sugestões e debatem os problemas da sociedade. Mas a grande maioria usa a ferramente como uma via de mão unica, ou seja, eles fazem apenas o discurso e não ouvem a população. A dinamica do Twitter é que as pessoas colaborem e respondam, mas eles ainda ignoram isso. Essa maioria usa porque é moda ou porque o adversário entrou e ele se sente na obrigação de entrar também”, explica.

Agora, Leonardo e Matheus trabalham para lançar uma nova versão do Politweets com um ranking dos políticos brasileiros. “Queremos fazer uma rede social em torno da política, implementando algumas ferramentas de interação”.

Classificações

Enquanto o ranking do Politweets não fica pronto, o Virgula separou uma pequena lista com alguns tipos de twiteiros na política brasileira. Confira:

Tipo 1: Convicto
– Os entusiastas pelo Twitter, que participam ativamente da comunidade e estabelecem diálogos sobre diversos assuntos e com várias pessoas

José Serra
Eduardo Paes
Álvaro Dias
Fabio Faria
Demóstenes Torres
Rodrigo Rollemberg
Katia Abreu
Flexa Ribeiro
Marisa Serrano
Paulo Paim

Tipo 2: Ególatra
– EU, EU e EU. Eles usam o Twitter para fazer promessas à moda antiga

ACM Neto
Cristovam Buarque
Delcídio Amaral
Aloizio Mercadante
Inácio Arruda
João Pedro
Raimundo Colombo
Valter Pereira

Tipo 3: O Político Clipping
– O Twitter é usado para divulgar notícias de blogs e sites. E (quase) nada mais além disso

José Agripino
Tasso Jereissati
Marconi Perillo
Fernando Gabeira

Sem mais artigos