O líder dos <b>Strokes</b>, Julien Casablancas, deu as primeiras informações sobre o quarto álbum de estúdio da já cultuada banda de Nova York, em entrevista à <i>Rolling Stone</i> norte-americana.

Segundo o próprio vocalista, as gravações estão indo muito bem e o disco terá uma pegada forte do rock setentista, tão amado pelos integrantes do quinteto.

“Algumas coisas do novo disco tem uma pegada bem anos 70. Algo como <b>Thin Lizzy</b> ou até <b>Elvis Costelo</b>. Mas também tem algumas músicas futuristas bem bizarras que nós estamos tentando fazer soar legal”, explicou Casablancas.

O frontman continuou dizendo que a banda está se sentindo meio presa entre os anos 70 e o futuro, além de afirmar que o clima no estúdio está ótimo, sem briguinhas para definir o direcionamento da banda.

Os <b>Strokes</b> não lançam material inédito desde janeiro de 2006, quando saiu seu terceiro álbum de estúdio, <i>First Impressions of Earth</i>.

Julien Casablancas, líder dos Strokes, fala sobre novo disco

Sem mais artigos