LinkedIn e Twitter, duas grandes e populares redes sociais, irão se conectar. A partir de agora, os usuários dos dois microblogs poderão cruzar suas contas em cada serviço ao checar tanto o LinkedIn como o Twitter.

Focado no lado profissional do usuário, o LinkedIn possui 50 milhões de mebros no mundo todo, que compartilham na rede seus currículos e informações profissionais importantes sobre si mesmos, além de coisas que contam pontos a favor na hora de ser contratado.

Já o Twitter é a rede social mais popular do mundo e permite que os usuários postem mensagens de até 140 caracteres. A integração entre os dois é benéfica para os usuários de ambos os serviços.
O co-fundador do Twitter, Biz Stone, disse em vídeo postado no site TechCrunch, disse que uma rede completa a outra, assim como “chocolate e amendoim”.

Allen Blue, também co-fundador do Twitter e seu vice-presidente de estratégia de produto, afirmou que os membros do LinkedIn podem divulgar automaticamente “tweets” recentes se quiserem. Ele explicou que os usuários têm a opção de enviar somente material selecionado ao Twitter.

Disse ainda que, além de aumentar a audiência para informações do Twitter ou do LinkedIn, há outras vantagens para o novo sistema. O Twitter “quer tomar vantagem de forte identidade no LinkedIn para tornar esses usuários profissionais mais bem sucedidos”.

LinkedIn e Twitter passarão a ser integrados

Sem mais artigos