A farmacêutica norte-americana Merck anunciou a
compra da Schering-Plough, sua maior concorrente, por US$ 41,1
bilhões. A quantia será paga em dinheiro e ações. Em comunicado,
as empresas disseram ter fechado um “acordo definitivo de
fusão”, a partir do qual será criada uma empresa conjunta com
o nome do laboratório comprador.

Os atuais acionistas da Merck terão 68% da
sociedade, enquanto os 32% restantes ficarão com os proprietários
da Schering-Plough. Com a fusão, a Merck expandirá sua presença
internacional, já que 70% da receita da Schering-Plough é adquirida
fora dos Estados Unidos.

Até 2011, a farmacêutica espera reduzir seus
custos em US$ 3,5 bilhões, o que pode acontecer, em partes, através
da redução do quadro de funcionários.

Sem mais artigos