O metaleiro Varg Vikernes é um personagem lendário da cena black metal, tão extremo e controverso quanto as letras das músicas do gênero. Vikernes assassinou um dos integrantes de sua antiga banda e incendiou três igrejas, sendo condenado a 16 anos de prisão.

Vikernes, que já cumpriu a pena e afirma estar “reabilitado e ter aprendido com seus erros”, será um dos personagens do filme Lords of Chaos, baseado no livro homônimo que conta os detalhes da cena musical do black metal dos anos 90. O filme será dirigido pelo japonês Sion Sono e o ator Jackson Rathbone interpretará Vikernes. O roteiro do filme também irá abordar outros acontecimentos marcantes do black metal europeu e que são diretamente relacionados com a história de Vikernes – o suicídio de Dead, de sua antiga banda Mayhem, e o assassinato do vocalista da banda, crime que levou Vikernes para a prisão.

Vark Vikernes não gostou nada de saber que estará no cinema em novembro. “Quase tudo que foi dito sobre mim nesse livro Lord of Chaos é mentira. Ou são interpretações tendenciosas, ou coisas tiradas do contexto, mal-entendidos, exageros ou informações erradas. Os autores da obra conseguiram encher a cabeça de toda uma geração com mentiras a respeito do black metal, que poderia ter sido uma reação a toda essa cultura patética e poser que existe hoje”.

Sem mais artigos