O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo denunciou à 6ª Vara Federal Criminal o banqueiro Daniel Dantas, controlador do grupo Opportunity, pelos crimes de lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira, evasão de divisas e crime de quadrilha e organização criminosa. A denúncia detalha como o Opportunity financiou o escândalo chamado de valerioduto. O processo foi às mãos do juiz Fausto de Sanctis na sexta-feira (3).

Daniel Dantas foi denunciado junto com mais 13 pessoas. Entre elas a irmã dele, Verônica Dantas, o presidente do Opportunity, Dório Ferman, o executivo Itamar Benigno Filho, o ex-vice-presidente Carlos Rodenburg e o ex-diretor da Brasil Telecom Humberto Braz.

A denúncia foi redigida a partir de relatório do delegado Ricardo Saadi, que sucedeu Protógenes Queiroz na condução da Satiagraha.

Oficializada a denúncia, cabe agora ao juiz De Sanctis converter a peça em ação penal.

Sem mais artigos