Morreu hoje, aos 27 anos, a inglesa Jade Goody, que ficou conhecida na versão britânica do programa de televisão Big Brother, em 2002, e que transformou seus últimos meses de um câncer terminal em um verdadeiro “reality show”, cujos episódios vendeu para deixar dinheiro para os filhos.

Jade morre em casa, junto com o marido, com quem se casou recentemente em cerimônia cujas imagens vendeu com exclusividade a uma revista de fofocas, e com seus dois filhos, de quatro e cinco anos, ambos de um casamento anterior.

Em 2008, ela havia sido chamada para uma versão indiana do Big Brother, quando soube que sofria de um câncer cervical que se estendeu rapidamente para o fígado e o intestino, sendo desenganada pelos médicos.

Durante seus últimos dias no hospital Royal Marsden, de Londres, Goody foi batizou seus dois filhos, para quem deixou o dinheiro ganho com a publicidade que vendeu de sua doença.

Sem mais artigos