Nem Federer, nem Djokovic, o homem do tênis que poderá superar Nadal em 2009 é Andy Murray, pelo menos é o que diz o escocês, que na última semana chegou a decisão contra o espanhol do torneio de Indian Wells.

“Se eu vencer esta porcentagem de games que saco durante todo o ano, acho que posso terminar o ano como número 1 do mundo”, afirmou Murray em entrevista ao site britânico Daiyli Recorde.

Para chegar a essa conclusão, o escocês apresentou seus números. “Se estou quebrando os saques perto de 40% das vezes e estou sendo quebrado em 13%, vou vencer a grande maioria dos jogos que disputar”, disse o tenista, que completou com sua tática para enfrentar os principais jogadores do mundo. “Quando jogo contra os melhores jogadores eu vario muito mais o meu segundo saque”, emendou Andy Murray.

Sem mais artigos